quarta-feira, 18 de maio de 2011

REPUBLICANDO: Péssimos serviços da CEDAE deixam moradores sem água em Paraíba do Sul

Após diversas reclamações dos moradores de Paraíba do Sul sobre a prestação de serviços realizada pela CEDAE no fornecimento de água no município, o Blog da Juventude Ativa está republicando a matéria realizado no dia 22 de fevereiro deste ano, onde cobramos melhorias quanto ao serviço.

CEDAE de Paraíba do Sul está abandonada pelo Estado: Ferramentas velhas e falta de material resulta na má qualidade do serviço prestado
(Foto: Apesar do slogan dizer Nova Cedae,
os problemas da empresa continua os velhos)
 Em Paraíba do Sul um dos graves problemas que tem ocorrido no município é a falta de abastecimento de água aos moradores de diversos bairros. A Companhia Estadual de Águas e Esgoto (CEDAE) que a empresa responsável pelo abastecimento no município ultimamente vem prestando péssimos serviços.

Nos últimos meses a falta de água tem sido constante nos bairros Bela Vista, Amapá, Inema, Werneck, Santo Antônio e outros, o que afeta diretamente milhares de moradores, que neste calor, tem que enfrentar a falta d’água. Não por estiagem ou racionamento, mas sim pela incompetência da CEDAE em oferecer um serviço de qualidade.

Outro problema freqüente na cidade é quanto as centenas de obras inacabadas pela empresa, o que vem causando um grande desconforto para os usuários das vias atingidas. Centenas de buracos estão espalhados por todo o município e a responsabilidade recaem sobre a prefeitura, que é obrigada a realizar as obras de pavimentação.

A crise que a agência da CEDAE em Paraíba do Sul não para por aí. A má qualidade no serviço também é conseqüência da falta de material e ferramentas para que os servidores da empresa possa desempenhar um bom papel. A agência possui diversos funcionários de carreira que prestam excelentes serviços à comunidade, no entanto, o descaso do governo estadual com a agência tem repercutido na qualidade do serviço prestado.

O assunto sobre os serviços realizados pela CEDAE em Paraíba do Sul foi pauta da reunião de terça-feira (15) dos vereadores da Câmara Municipal, que solicitaram enérgicas providências do Executivo e até mesmo cogitaram privatizar o abastecimento de água na cidade.

Ainda segundo informações o termo de concessão que é dado pela Prefeitura para que empresas possam explorar os mais diversos tipos de serviço no município, a CEDAE não possui. Entretanto, comprar uma briga com a empresa significa comprar uma briga com o Governo do Estado. O assunto ainda promete render muitos debates em Paraíba do Sul. 
 __________________________________________________________________________________

3 comentários:

Aldeir Félix Honorato disse...

Municipalizar ou privatizar?
Eis a questão!
Três Rios e Levy Gasparian já fizeram isso. porque Paraíba do Sul não poderia criar sua própria empresa pública de abastecimento de água?
Quem sabe entregar a concessão à SAETRI de Três Rios?
Não vejo notícias de trirrienses reclamando da SAETRI.
Pelo contrário, ela é um exemplo de qualidade!
Melhor que ficar "dando murro em ponta de faca".
A Prefeitura há anos que tenta negociar com a CEDAE, faz reunião daqui, acordo dali e os problemas permanecem.
Não está na hora de sair do campo da diplomacia e partir para a área dos direitos dos sul paraibanos?
Deixar de fornecer à população a CEDAE não pode, porque dá até problema de processo na justiça contra ela, com direito a indenização e tudo, já que o abastecimento de água é um serviço essencial.
Em todos casos, se não tiver jeito, privatiza.

Jorge Barbosa (Careca) disse...

Caro Aldeir.

Quando sugeri, durante o meu mandato em 2007, a possibilidade de estudo para privatizar ou municipalizar o serviço de abastecimento de água e esgoto, fui dedurado ao governador, como conspirador e oposição, principalmente quando impedi que fosse votada a renovação da concessão dos serviços.
“Aliás, tudo que se faz para desenvolver o município, é considerado ato oposicionista”.

Equipe da Juventude Ativa de Paraiba do Sul disse...

Este também é mais um assunto polêmico e de suma importância em Paraíba do Sul: Os serviços prestados pela CEDAE quanto ao fornecimento de água e o tratamento de esgoto.

Ali nós temos dois problemas: A falta de infra estrutura para a boa prestação de serviço, algo que deveria ser realizado pelo Estado, através da CEDAE - RJ e também a questão de gestão por parte dos diretores da CEDAE.

Infelizmente o Presidente listou algo que é verdade "“Aliás, tudo que se faz para desenvolver o município, é considerado ato oposicionista”. Enquanto não mudarmos essa visão fica difícil mesmo.

O Aldeir falou uma verdade, sair da Diplomacia as vezes é necessario o que não pode é a população sofrer é a água chegar amarelada em nossas residências...as constantes falta de água em diversos bairros de Paraíba do Sul...é ter que ver em pleno sec. XXI pessoas carregam baldes de água na cabeça...e tantos outras mazelas que nos deixam indignados e entrar ano e sair ano e nada acontecer...isso que não pode ocorrer...

Algo deve ser feito, o que não pode é o povo ficar sofrendo. Pagamos impostos e muitos e não temos o retorno.

Forte Abraço