domingo, 13 de fevereiro de 2011

Esse merece um destaque!


Neste domingo (13) abri o nosso Blog e me deparei com uma mensagem que realmente me emocionou. O comentário de autoria do Luciano Borsato em relação a postagem “Opinião: Amanhã vai ser outro dia?”, realmente nos faz acreditar que unidos, somando forças, podemos transformar a nossa realidade para melhor. Quero de público agradecer pelo comentário que me sensibilizou muito e que realmente merece destaque.
A seguir veja na íntegra o comentário:

“Caro Tiago, observando o DISCICLOBLOG depois de ler a sua postagem posso afirmar com quase 100%de certeza que as publicações feitas não são de pessoas residentes fora do município de PARAÌBA DO SUL, mas com certeza são pessoas que indignadas com a política do nosso município atacam de forma preconceituosa as pessoas que aqui vivem ou seja atirando para o lado errado.
Eu como cidadão venho acompanhado o nosso cenário político e como militante politico junto com amigos venho tentando fixar estratégias para mudar este cenário de abritariedade, falta de respeito, prevaricação que se instaurou na política SUL PARAIBANA que passa para as pessoas um sentimento de impotência, baixa estima e despolitização os afastando ainda mais de seus direitos de Cidadão.

MAS DIAS MELHORES VIRÂO, não podemos cruzar os braços pois aquele que novamente nos deu ESPERAÇA morreu de braços abertos ´´JESUS``.
E nós vamos cantar o hino da vitória.

EM 2012 quero paz no meu coração,
Quem quiser ter um amigo, que me de a mão

O tempo passa, e com ele caminhamos todos juntos
Sem parar
Nossos passos pelo chão vão ficar.

Marcas do que se foi,
Sonhos que vamos ter
Como todo dia nasce novo em cada amanhecer.
Ôuo!
Marcas do que se foi,
Sonhos que vamos ter
Como todo dia nasce novo em cada amanhecer.

EM 2012 QUERO paz no meu coração,
Quem quiser ter um amigo, que me de a mão

O tempo passa, e com ele caminhamos todos juntos
Sem parar
Nossos passos pelo chão vão ficar.

Marcas do que se foi,
Sonhos que vamos ter
Como todo dia nasce novo em cada amanhecer.
Ôuo!
Marcas do que se foi,
Sonhos que vamos ter
Como todo dia nasce novo em cada amanhecer.”

O Juventude Ativa de Paraíba do Sul agracede pela colaboração

3 comentários:

Aldeir disse...

Todo reino dividido contra si mesmo é devastado; e toda cidade, ou casa, dividida contra si mesma não subsistirá.
Quem não é comigo é contra mim; e quem comigo não ajunta, espalha.
O homem bom, do seu bom tesouro tira coisas boas, e o homem mau do mau tesouro tira coisas más.
Mateus 12: 25, 30 e 35.

Prezado Tiago, ao sentimento de revolta e indignação do autor do texto sobre Paraíba do Sul no Descicloblog, devemos substituir pelo de esperança em dias melhores que virão para nossa cidade.

Concordo com o comentário do Luciano. Mas devemos reclamar menos e trabalhar mais.

Infelizmente, particularmente não vejo eco à voz sulparaibana na elite política de nossa cidade.

Logo, o povo deve pronunciar seu próprio discurso, não apenas nas urnas de 2 em 2 anos, mas também nas atitudes diárias de cobrança do que lhe é direito.

Em nós, jovens, as gerações mais velhas depositam seus sonhos.

Que não sejamos motivo de decepção.

Recomendo aos leitores que leiam uma postagem em meu BLOG entitulada REFLEXÃO SOBRE POLÍTICA,TERÇA-FEIRA, 25 DE NOVEMBRO DE 2008.

Abraços! Aldeir

Equipe da Juventude Ativa de Paraiba do Sul disse...

Boa Noite Aldeir, agradeço imensamente pela participação e ressalto que somente a participação Ativa e Maciça da sociedade poderá transformar nossa cidade, no estado, no país para melhor.

As grandes transformações que ocorreram em todo o mundo sempre tiveram a participação da Juventude e da população unida, exemplo disso, foi os últimos acontecimentos no Egito...Enfim, que sejamos uma Paraíba Ativa pela transformação!!

Abraços
Tiago Martins

Aldeir disse...

Olá Tiago!

Quero indicar aos leitores um texto em meu Blog que se chama:

Paraíba do Sul - (In)dependência ou Morte?

No qual apresento minha visão sobre a realidade do município.

O link é:
http://aldeirfelixhonorato.blogspot.com/2010/09/paraiba-do-sul-independencia-ou-morte.html

Abraços!